P0.jpg

R: O Gloops nasceu da inquietação do nosso fundador, Gustavo Siemsem, que desde pequeno viveu em um lar atento à alimentação natural e integral, muito antes deste assunto virar moda - e depois premissa para uma vida saudável.

Depois de trabalhar por anos na indústria de refrigerantes e alimentos processados, potencializado com o nascimentos de suas filhas, sentiu que já era hora do mercado ter uma alternativa às bebidas industrializadas existentes.

Foi aí que ele teve a ideia de misturar frutas e fazer com elas sucos deliciosos, mas com um ingrediente especial: adicionou gás  criando assim uma bebida revolucionária : divertida como um refrigerante e saudável como um suco de frutas 100% natural.

 

p1.jpg

R: Sim, o Gloops é 100% natural. Não adicionamos NADA além da fruta e do gás CO2, que é encontrado na natureza em diferentes formas e que não é absorvido pelo corpo. Não usamos corantes, nem conservantes, nem ácido fosfórico em nossos produtos.

P3_1.jpg

R: Os  corantes são usados na indústria alimentícia para  fazer com que os produtos tenham uma coloração parecida à cor natural dos ingredientes utilizados. Talvez você nem saiba, mas mesmo produtos ditos naturais, como o suco de laranja do supermercado, ou o salmão do restaurante japonês podem conter corantes como forma de uniformizar a cor (é da natureza um salmão ser mais rosa, outro mais alaranjado...).

Alguns corantes artificiais podem causar desde alergias, hiperatividade, asma à tumores na tireoide e em vários países europeus são proibidos.

Nós não precisamos usar corantes porque as frutas frescas que usamos têm cores lindas naturalmente (como a melancia, a tangerina, e a framboesa, por exemplo). Sabemos que a natureza não é uniforme e, ao invés de acharmos que devemos maquiá-la com corantes, achamos bonita sua variação de cores. Essa é a razão que você pode encontrar dois Gloops de sabores idênticos mas com cores ligeiramente diferentes.

Conservantes:  Apesar da maioria dos órgãos de regulação de alimentos dizerem que os conservantes são seguros,  optamos por oferecer um produto que tem prazo de validade menor (o que é muito mais trabalhoso para nós) do que usar conservantes no Gloops. Queremos ele 100% natural.

Ácido Fosfórico: Estudos sugerem que o ácido fosfórico presente nos refrigerantes pode causar osteoporose, erosão no esmalte dos dentes e problemas nos rins. Nós preferimos não arrisca

 

p2.jpg

R: O Gloops é diferente dos outros refrigerantes (mesmo os orgânicos) e também de muitos sucos encontrados nos supermercados. Com exceção dos sabores muito ácidos, como limão ou maracujá, que recebem um MÍNIMO de açúcar orgânico, nossos produtos não contém nada além da frutose natural das frutas.  

 

P5.jpg

R: Com exceção dos Gloops que contém limão que são adoçados com um pouco açúcar orgânico, não adicionamos açúcar nos nossos sucos. Mas todas as frutas são ricas em frutose, um outro tipo de açúcar, por isso você deve perguntar ao seu médico se pode ou não tomar o Gloops. 

P3.jpg

R: No Gloops não há nenhum ingrediente que vá fazer mal à sua saúde mas nada em excesso faz bem, nem água! Como tudo nesta vida, deve ser consumido com moderação. Da mesma maneira que não queremos que você coma 34 maças ou 2 melancias, esperamos que você não tome 20 garrafas de Gloops por dia, não é? 

 

P4.jpg

R: Porque ele é 100% natural e não tem conservantes. É como um suco que você faz em casa, depois de espremido ele deve ser refrigerado para durar mais um pouco.

P6.jpg

R: Cada garrafinha de Gloops tem em média 90 calorias BOAS o que não é muito. Em dietas rigorosas, substituir uma bebida zero caloria (como refrigerantes diet) por Gloops não é a melhor opção. Mas se a ideia é substituir uma bebida prejudicial à saúde por uma que além de gostosa faz bem, bem vindo ao time, o Gloops é para você!

P7.jpg

R: Ao invés de adotarmos um mascote fofo como um panda ou incrível como uma águia nos encantamos pela cara engraçada e pelo pescoção do avestruz. Toda vez que olhamos para ele lembramos que não devemos nos levar tão a sério e que a vida pode ser leve se soubermos encará-la com bom humor.